Tragédia em Goiânia: quatro meninas são executadas com tiros na cabeça no dia internacional da mulher

sábado, 8 de março de 20141comentários

As quatro adolescentes foram encontradas assassinadas com tiros na cabeça

Ontem no dia internacional da mulher uma ocorrência policial que é uma verdadeira tragédia abala a sociedade goiana. Quatro meninas adolescentes, com idade entre 14 e 16 anos, foram encontradas mortas  no Jardim Petrópolis, na região do Morro do Medanha em Goiânia. As moças foram encontradas executadas com tiros na cabeça e os corpos colocados um ao lado do outro. Tudo indica que elas foram executadas nas posições em que os corpos foram encontrados.

A polícia técnica científica já realiza a perícia no local e nos corpos. Até agora nenhuma pista sobre o que aconteceu foi divulgada pela polícia militar nem pela policia civil. As primeiras informações dão conta de que os quatro assassinatos teriam acontecido no final desta madrugada. Nenhuma das meninas assassinadas portava documentação. A policia trabalha com a possibilidade de familiares reclamarem desaparecimento para um possível reconhecimento e início de linhas de investigação. O titular da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), delegado Murilo Polati, comanda as investigações desta tragédia e concede entrevista coletiva neste sábado para dar mais detalhes do caso.
http://www.canalgama.com.br/

Compartilhe este artigo :

+ comentários + 1 comentários

Anônimo
19 de março de 2014 15:16

"Meninas" ... menina sou eu, essas daí já eram mulheres há muito tempo, uma delas já mãe.

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do Site Amigos da Guarda Civil, a responsabilidade é do autor da mensagem.

"O SITE NÃO SE RESPONSABILIZA POR MATÉRIAS E ARTIGOS ASSINADOS POR SEUS COLABORADORES"


Mais Vistas na semana

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2011. AMIGOS DA GUARDA CIVIL - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger